quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Obra do Aeroporto Marechal Rondon é reiniciada

LISÂNIA GHISI
Assessoria/Secid-MT


Rafaella Zanol - Gcom

Secretário de Cidades Eduardo Chiletto vistoria os serviços no Aeroporto.
Secretário de Cidades Eduardo Chiletto vistoria os serviços no Aeroporto.
As obras no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, foram reiniciadas na manhã desta segunda-feira (20.10). Os trabalhos de retomada dos serviços foram acompanhados pelo secretário de Estado das Cidades (Secid), Eduardo Chiletto. No local, além de representantes do consórcio Marechal Rondon, responsável pela obra, também estiveram presentes membros da Infraero. Orçada em R$ 83,4 milhões, a obra teve início em dezembro de 2012 e deveria ter sido entregue à população em março do ano passado.

Para o secretário de Estado das Cidades, o reinício das obras do Aeroporto Marechal Rondon figura como uma nova fase junto ao governo de Mato Grosso. “O Estado repactuou com o Consórcio um novo cronograma físico-financeiro referente à obra. Esta é uma construção que agora está pautada num bom planejamento e contempla prazos factíveis. Conforme andamento dos trabalhados, o Consórcio anunciou que conta com expectativa de entregar ao Estado, até o mês de março de 2016, a área para voos internacionais”.

Além de ampliar a qualidade do espaço, a conclusão da obra será revertida em melhorias econômicas para o Estado, segundo Chiletto. Ele ainda destaca que, além das interferências já previstas no contrato, as inconsistências apontadas pelo Ministério Público Federal, em relatórios elaborados ainda no ano de 2014, também serão ajustadas no decorrer da construção.

“É importante destacar que o Estado só irá receber obra 100% finalizada. A população mato-grossense merece que estas estruturas sejam conclusas e entregues com a devida qualidade”, afirmou Chiletto.

A obra do Aeroporto Marechal Rondon também será objeto de Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) entre o Estado e o Tribunal de Contas de Mato Grosso. A expectativa é de que o documento seja assinado nos próximos 15 dias, juntamente com outros 13 contratos referentes às obras da Copa do Mundo.


http://www.secom.mt.gov.br//storage/1/webdisco/2015/10/20/374x280/5f5d509fed2f45d9397da4c4227b933b.jpgObraAté o momento, R$ 60,7 milhões já foram pagos ao Consórcio Marechal Rondon, formado pelas empresas Engeglobal Construções, Farol Empreendimentos e Participações e Multimetal Engenharia de Estruturas.

Conforme o contrato 065/2012, além da construção do terminal de passageiros, fazem parte da obra a instalação de pontes de embarque, reforma e adequação de vias de serviço, nova sinalização horizontal do pátio de aeronaves, assim como a reforma, adequação e ampliação do sistema rodoviário interno do aeroporto.

Também está prevista a construção da Central de Utilidades, de nova área de equipamentos de rampa, ampliação dos sistemas de infraestrutura básica e ainda a construção do estacionamento do novo prédio administrativo da Infraero.

0 comentários: