quarta-feira, 7 de junho de 2017

MAP começa a operar dia 5/07 em Alta Floresta; obra de guichê no terminal já começou

MAP começa a operar dia 5/07 em Alta Floresta; obra de guichê no terminal já começou


A MAP Linhas aéreas já começou a oferecer através do site próprio de vendas, “voemap”, para a partir do dia 5 de julho, os bilhetes para os trechos Alta Floresta à Sorriso (MT), Manaus (AM) e Altamira, Belém e Itaituba, todos no Pará. Ontem também, teve início a obra de adequação do terminal de embarque e desembarque de passageiros do aeroporto, com a construção de um guichê para abrigar a empresa. O prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra de Araújo recepcionou a gerente de aeroportos da MAP, Taís Monteiro que veio para conhecer a estrutura e para iniciar a seleção de colaboradores que atuará pela empresa em nossa cidade.
Segundo o Secretário de Administração de Alta Floresta, Claudinei de Jesus, que acompanhou pessoalmente a obra de adequação do aeroporto, a prefeitura chegou a fazer a licitação para escolher a empresa para fazer a troca do telhado do saguão, novos banheiros e guichê para empresa área, no entanto houve problemas documentais que atrasaram a contratação da empresa, “o processo licitatório foi frustrado, a empresa que ganhou a licitação faltou alguns documentos e por conta do prazo pra receber a empresa (MAP Linha Aéreas) a prefeitura está entrando com a mão de obra pra fazer só o guichê da MAP e o restante nos iremos licitar pra fazer o telhado e o novo banheiro”, disse.
Ontem junto à diretora da MAP, Taís Monteiro, o prefeito fez um compromisso de entregar o guichê pronto até o dia 10 de junho. “É um grande avanço para Alta Floresta cada vez mais se consolidar como um polo regional de Mato Grosso”, empolgou-se o prefeito, explicando que a ideia inicial era entregar no dia 15, mas ao conversar com a equipe viu que é possível antecipar, a pedido da empresa. “Hoje nós começamos a obra e cremos que até o dia 10 no máximo estará terminada e entregue a sala para MAP”, disse.


A gerente de aeroportos da MAP explicou que é responsável por 14 bases na região norte, nos estados de Amazonas e Pará. Em Mato Grosso (Sorriso e Alta Floresta) inicia-se um trabalho de novas bases “vimos em Alta Floresta para fazer o processo seletivo dos colaboradores, pra ver a estrutura do aeroporto, fazer contato com órgãos públicos, pra gente iniciar o processo de abertura da base”, explicou. Serão dois voos diários, duas vezes na semana, com equipe de três funcionários, sendo um supervisor e dois atendentes de voos. Em Alta Floresta, as vendas serão terceirizadas para a empresa “Espaço Verde”.
A entrada em Mato Grosso significa para a empresa, segundo disse, a descoberta de um novo nicho no mercado aeroviário, já que irá ligar duas regiões com forte expansão no agronegócios e também no turismo. “No norte existe uma ligação muito forte com Mato Grosso através do Porto de Itaituba, de Macapá, então além do agronegócio, existe um turismo a ser explorado, tanto as pessoas do Norte para Mato Grosso, como as pessoas de Mato grosso para o Norte”, afirmou Taís Monteiro.
Segundo a representante da MAP, Alta Floresta, Pará e Amazonas têm muitas atrações a serem exploradas reciprocamente, usando como exemplos, a pesca nos exuberantes rios matogrossenses e também na região do Amazonas (Barcelos é uma cidade com forte atração nesta área). “Dependendo do público a ser atingido, poderíamos mostrar as opções, nós temos muitos pescadores do Amazonas que querem conhecer a pesca de Mato Grosso, Barcelos é uma região de pesca de rios grandes, fartos, além e festas folclóricas regionais, dependendo do público, todo mundo tem como ser beneficiado com esta ligação”, afirmou.

FONTE: MT ESPORTE

Após 20 anos, Azul faz voo inaugural da linha Barra do Garças a Goiânia

Após 20 anos, Azul faz voo inaugural da linha Barra do Garças a Goiânia
voo-barra.jpg
Edevilson Arneiro/Secom

A Azul Linhas Aéreas iniciou, nesta segunda (5), mais uma etapa da expansão de linhas comerciais em Mato Grosso. A empresa fez o primeiro voo inaugural Goiânia (GO) a Barra do Garças, interligando a cidade goiana, fato que não acontecia há mais de 20 anos.
O voo partindo da Capital de Goiás pousou no aeroporto Piloto Pub às 17h30, com atraso de duas horas em função de problemas no sistema de comunicação do aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia. A aeronave e passageiros foram recepcionados pelo prefeito Beto Farias (PMDB) e os secretários estaduais Luís Carlos Nigro (Adjunto de Turismo) e Max Russi (Emprego e Assistência Social).
A nova linha faz parte do programa de incentivo do governo em servir cidades do interior com Cuiabá, e outros municípios do Centro Oeste, como é Goiânia, no caso de Barra do Garças. A partir de agora a cidade passa a ser servida por duas linhas aéreas.
Segundo o prefeito, a interligação com as duas capitais mais próximas de Barra é mais uma forma para transformar a cidade em um polo turístico industrial com a chegada de novos investidores. “Foi um grande esforço do governo e da prefeitura em colocar Barra na rota de linhas aéreas. Desde a década de 90 o município deixou de ser servido, tendo um dos melhores de Mato Grosso”, destaca.
Inicialmente, o voo será três vezes por semana. A aeronave levanta voo às 10h30 em Cuiabá, faz conexão em Barra do Garças e segue para Goiânia às 12h10. No sentido inverso sai de Goiânia às 14h40, com escala em Barra às 15h45, e chegada à Capital às 16h30, às segundas, quartas e sextas.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Vereadores buscam possibilidades de implantação de Linhas Aéreas ao Município de Querencia

Vereadores buscam possibilidades de implantação de Linhas Aéreas ao Município de Querencia
Vereadores buscam possibilidades de implantação de Linhas Aéreas ao Município de Querencia.A reunião aconteceu no Gabinete de desenvolvimento regional do Estado com o Secretario Antônio Carlos Figueiredo Paz e o Diretor de Operações da empresa ASTA Sr° Magnus Alberto Block na presença do Presidente VAVA e vereadores Prof. Neiriberto, Keila Marques e Valério Fernandes.
A reunião que aconteceu nesta tarde de quinta-feira(18) tem como intuito principal o incentivo do estado para as áreas de aviação, com o intuito de viabilizar melhores preços como também a possível implantação de linhas aéreas em Querencia.
A empresa ASTA atua dentro do Estado Desde 1995 prestando serviços, é uma empresa genuinamente mato-grossense, ofertando serviços de transporte de cargas e passageiros, sempre em constante evolução e aprimoramento dos serviços.
“Temos um aeroporto em fase de readequações que possibilitará futuramente o recebimento de linhas aéreas em nossa região, sabemos das dificuldades de estarmos a quase mil quilômetros de nossa capital e muitas vezes dificulta a saída das pessoas que aqui residem, Querencia não para de crescer e acredito que em breve já suportara uma linha área ligando a outras cidades dentro de nosso estado ou até mesmo Fora dele” – Afirmou Presidente VAVA.

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Azul substituirá ATR-72 por Embraer 195 na rota entre Sorriso e Cuiabá

Azul substituirá ATR-72 por Embraer 195 na rota entre Sorriso e Cuiabá


A Azul Linhas Aéreas Brasileiras, a partir de 1º de agosto, operará voos entre Cuiabá e Sorriso com o Embraer 195, de 118 assentos e com TV SKY ao vivo. A aeronave substituirá o ATR 72, de 70 assentos, que atualmente opera diariamente nesta rota.
Os jatos atenderão os voos de domingo a sexta, com saída de Cuiabá às 22h05 e chegada às 23h15 em Sorriso. Já no sentido oposto, o voo será de segunda a sábado, com partida de Sorriso às 07h40 e chegada em Cuiabá às 08h50. Vale ressaltar, que a mudança de equipamento ainda depende de autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
Caso seja autorizado, os clientes de Sorriso poderão chegar a Cuiabá com mais conforto e rapidez. Além disso, a companhia oferecerá em Cuiabá, onde é líder, ligações diretas para 18 cidades brasileiras. A capital mato-grossense é um dos principais centro de distribuição de voos da empresa, com cerca de 30 voos diários.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Entrega do aeroporto Marechal Rondon está prevista para agosto deste ano

Entrega do aeroporto Marechal Rondon está prevista para agosto deste ano
33748565813_8dd54091ea_o.jpg
Foto: Rafaella Zanol / Secid-MT

A entrega do novo Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, está prevista para agosto deste ano. Com quase três anos de atraso, as duas novas alas foram finalizadas, atingindo 80% do total da obra. A ampliação do terminal está orçada em R$ 84,63 milhões e deveria ter sido entregue para a Copa do Mundo de 2014.
A data de inauguração foi confirmada pelo Governador de Mato Grosso, Pedro Taques durante vistoria técnica as alas A e B, nesta terça-feira (9). Os setores contemplam as áreas de embarque e desembarque doméstico e embarque internacional do aeroporto.
O governador Pedro Taques explicou que os trabalhos estão na sua reta final e que após a finalização, o aeroporto terá uma boa classificação no ranking nacional. “Tenho certeza que o aeroporto Marechal Rondon, não mais nos envergonhará como um dos piores do país”, disse o governador.
Entre os serviços finalizados nessa fase estão, por exemplo, a instalação da parte de forro modular metálico do setor de desembarque, do pavimento térreo, bem como o forro instalado no embarque superior do terminal, utilizado em voos domésticos e internacionais.
Somado a isso, também aparecem na lista o funcionamento do ar condicionado, a reforma dos sanitários da praça de alimentação, a automatização das portas de entrada do terminal e a finalização da ponte de embarque 3, bem como o início da implementação da ponte 4.
Para a finalização de 100% da obra ainda é preciso concluir as obras da ala C, segundo o deputado Wilson Santos (PSDB). “Com o término das quatro pontes de embarque previstas no projeto, 70% das pessoas que desembarcarem aqui usarão o novo sistema”, explanou.

FONTE: O INDEPENDENTE 




DSCF1554.jpg
Foto: Rafaella Zanol / Secid-MT



34428733571_ca65f10d1f_o.jpg
Foto: Rafaella Zanol / Secid-MT
DSCF1356.jpg
Foto: Rafaella Zanol / Secid-MT

Anac autoriza voos ligando Sorriso e Alta Floresta ao Pará e Amazonas

Anac autoriza voos ligando Sorriso e Alta Floresta ao Pará e Amazonas


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou os voos ligando Sorriso e Alta Floresta aos municípios de Itaituba, no Pará, e Manaus, no Amazonas. A aeronave AT72, com capacidade de 66 passageiros, sairá do aeroporto Internacional Eduardo Gomes em Manaus (AM), àss sextas-feiras, às 7h (horário de Mato Grosso), com escala em Itaituba (PA), às 8h14. Decolará, às 8h44 para Alta Floresta, com saída às 10h52 e previsão de chegada em Sorriso, às 11h38.
Na rota inversa a saída de Sorriso será às 12h18, e chegada em Alta Floresta, às 14h04. A decolagem ocorrerá às 13h34, com previsão de pouso em Itaituba (PA), às 15h13. A aeronave retornará para Manaus às 15h33 e previsão de chegada às 16h57.
Nas quartas-feiras, a rota incluirá ainda os municípios paraenses de Belém e Altamira. O primeiro voo do dia sairá às 6h30 do aeroporto Val de Cans, em Belém, com destino a Altamira. Às 8h13, o avião decola com destino ao município de Itaituba. De lá, parte às 9h50 para Alta Floresta. A decolagem com destino a Sorriso será às 11h58. A rota inversa começa a ser feita a partir das 13h24, com chegada em Belém às 19h39.
O primeiro voo está programado para ocorrer no dia 15 de junho. No site da companhia os bilhetes já começaram a ser comercializados. A empresa, a MAP Linhas Aéreas, opera nos estados da região Norte do país, principalmente na região amazônica. A ligação também dará a oportunidade para os moradores da região Norte de uma saída para chegar aos Estados Unidos – já que o aeroporto de Manaus é internacional e tem voos para aquele país. 

FONTE: Só Notícias - Herbert de Souza

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Com 60 dias em operação, Passaredo encerra atividades no aeroporto de Sorriso

Com 60 dias em operação, Passaredo encerra atividades no aeroporto de Sorriso


Com apenas dois meses em atividade, a Passaredo linhas aéreas irá encerrar suas atividades no aeroporto municipal Adelino Bedin em Sorriso. O último voo comercial será realizado no próximo dia 26. A empresa começou a operar no aeroporto municipal em 23 de março.
A assessoria de imprensa confirmou ao RDNews o fim das atividades. Por meio de nota, explicou que a companhia passa por um momento de readequação de sua malha viária e que por enquanto os voos serão encerrados. No entanto, existe a previsão para que a empresa retorne a operar em 06 de agosto.
A única rota que a empresa atende é Sorriso/Brasília e vice versa. Os horários são disponíveis de segunda a sexta com voos diretos às 2h45 rumo à capital Federal e retorno às 23h55 do mesmo dia. Nos sábados, há apenas voos de ida para Brasília, no mesmo horário dos voos durante a semana. Já aos domingos apenas voos de retorno com saída de DF às 23h55.
Os preços das passagens variam, conforme o site oficial da empresa, ida e volta para a próxima sexta (05), o valor a ser desembolsado chega a R$ 1,3 mil já com as taxas de embarque inclusas. Se o cliente conseguir comprar em promoção por exemplo, o valor cai um pouco e a média a ser paga fica em R$ 1,1 mil.
Ocorre que há cerca e dois meses a Passaredo também encerrou suas atividades em Sinop e transferiu os voos para o aeroporto de Sorriso. A empresa alegou que também passava por um momento de reestruturação das rotas.
Em Sinop o motivo da finalização das atividades seria uma queda na demanda que acarretou em falta de rentabilidade mínima para manter a rota operando.

Veja a nota, abaixo, na íntegra:
A Passaredo Linhas Aéreas informa que devido a uma readequação temporária em sua malha área, os voos de Sorriso ficarão suspensos a partir de 26 de maio. A retomada da operação da companhia na cidade está prevista para 06 de agosto.

Inauguração das novas alas do aeroporto Marechal Rondon está prevista para a próxima semana

Inauguração das novas alas do aeroporto Marechal Rondon está prevista para a próxima semana
DSCF1554.jpg

Os últimos detalhes para a inauguração das novas alas (A e B) do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, foram tema de reunião na Secretaria de Estado das Cidades (Secid-MT), na tarde desta quarta-feira (03.05).A discussão envolveu representantes da pasta, da superintendência da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), do município de Várzea Grande e do Consórcio Marechal Rondon, responsável pela obra.
O Governo do Estado inaugura a parte nova do Marechal Rondon na próxima terça-feira (09.09), dia em que se comemora o aniversário de 269 anos do Estado de Mato Grosso. A entrega contempla os setores de embarque e desembarque doméstico e embarque internacional do aeroporto.
Durante a reunião, a superintendente da Infraero em Mato Grosso, Bárbara Antônia dos Reis Netto, repassou ao deputado Wilson Santos, secretário afastado das Cidades, ao secretário-adjunto das Obras da Baixada Cuiabana, Josemar Araújo, e empresários do consórcio os itens que precisam de acabamento.
Ela pediu cumprimento do cronograma da obra, prevista para ser concluída em sua totalidade em agosto de 2017. Dentre os pontos estão ar-condicionado, forro e pontes de embarque (fingers), balcões da Polícia Federal, entre outros.
Apesar das ponderações quanto aos serviços, a superintendente destacou que os avanços em relação à estrutura do terminal já começaram a ser notados pelos passageiros que circulam pelo aeroporto, principalmente no que se refere à climatização. “A percepção do usuário está mais positiva com a melhora do sistema de climatização”, pontuou ela.
O deputado Wilson Santos, que assumirá novamente a Secid ainda nesta semana, disse que a meta do governador Pedro Taques é colocar o aeroporto entre os melhores do país, após a conclusão total da obra.
A inauguração das novas alas é o primeiro passo. “Para se ter uma ideia, com o término das quatro pontes de embarque previstas no projeto, 70% das pessoas que desembarcarem no Marechal Rondon usarão o novo sistema”, explanou ele, destacando o avanço dos serviços no terminal desde o final do ano passado.
O secretário de Obras de Várzea Grande, Luiz Celso, disse que é uma satisfação para a prefeitura o lançamento da parte nova do aeroporto e que a inauguração fará parte ainda das comemorações do Jubileu de 150 Anos de Fundação de Várzea Grande. “A Prefeitura está à disposição do Governo para ajudar no que for preciso durante o evento do dia 09”, salientou.

Obra
Entre os serviços finalizados nessa fase estão, por exemplo, a instalação da parte de forro modular metálico (“colmeia”) do setor de desembarque, do pavimento térreo, bem como o forro instalado no embarque superior do terminal, utilizado em voos domésticos e internacionais.
Somado a isso, também aparecem na lista sanitários da praça de alimentação e a finalização da ponte de embarque 3 e início da implementação da 4. A obra completa do aeroporto está orçada em R$ 84,63 milhões e até o momento já foram executados 80% dos serviços.
O Marechal Rondon é hoje uma das principais portas de entrada de Mato Grosso e as obras de reforma do terminal garantirão, além de mais conforto aos usuários, a ampliação da capacidade de fluxo de passageiros para até cinco milhões de pessoas por ano.
Em 2016, a movimentação de pessoas no complexo chegou a 2,8 milhões, segundo dados da Infraero. A projeção para 2017 é que a base cresça para até 3,3 milhões de passageiros no ano.


FONTE: Tropical News

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Asta paralisa voos entre Juara a Cuiabá, mas mantem de Juína para a capital

Asta paralisa voos entre Juara a Cuiabá, mas mantem de Juína para a capital

Com a desculpa de que o fluxo de passageiros era muito pequeno, que “Juara estava embarcando 
pouco”, a empresa Asta, detentora dos direitos da linha aérea entre Juara Cuiabá/Cuiabá Juara, paralisou as atividades e Juara ficou sem nenhum voo comercial para nenhuma outra cidade do estado.
Realmente o fluxo de passageiros não era dos maiores, porém, a empresa manteve o voo Juína Cuiabá e continua passando nos céus de Juara, porém, não pousa nem decola no aeroporto local.
O Show de Notícias fez um breve levantamento dos valores das passagens aéreas entre Juína e Cuiabá, Cuiabá e São Paulo, onde percebe-se a enorme diferença de preço e, talvez, esteja aí o baixo número de passageiros viajando de avião.

Veja o valor das passagens:
Para viajar de ônibus entre Juara e Cuiabá, o percurso é de cerca de 735 km, pela Rodovia do Vale MT 170 e o valor da passagem é de R$ 201,00 (duzentos e um reais).
Veja os preços para terça-feira, dia 02 de maio, conforme o site da Asta e Decolar.com:
Juara Cuiabá, 507 km, o valor era R$ 1.600,00.
Juína Cuiabá, 547 km (Asta), R$ 1.399,00
Cuiabá São Paulo, 1329 km (Avianca), R$ 476,00;

O Show de Notícias ouviu algumas pessoas, que tinham diversas interpretações sobre o fato da Asta paralisar os voos de Juara para Cuiabá, sendo que a grande maioria entende que faltou ação política para resolver a questão e manter a empresa em operação.
Porém, se olharmos o valor da passagem aérea, que daria para ir e voltar de ônibus 08 vezes para Cuiabá, dificilmente alguém deixaria de viajar por via terrestre, com um ônibus confortável, que sai à noite e chega de manhã na capital, par ir de avião durante o dia, pagando infinitamente mais pela passagem.

Aeroporto de Vila Rica passará por reestruturação; Estado vai iniciar elaboração de estudo

Aeroporto de Vila Rica passará por reestruturação; Estado vai iniciar elaboração de estudo
Aeroporto de Vila Rica passará por reestruturação; Estado vai iniciar elaboração de estudo

Um protocolo de intenção para o início do projeto de reestruturação do Aeroporto Municipal de Vila Rica foi assinado pelo Governo de Mato Grosso e a Prefeitura. Segundo o Poder Executivo, o Estado irá com isso dar seguimento a elaboração de um projeto de estudo aeroportuário visando obras de melhorias na unidade.
O protocolo de intenção foi assinado na quinta-feira, 27 de abril, pelo governador Pedro Taques, o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, e o prefeito de Vila Rica, Abmael Borges, durante passagem da Caravana da Transformação pelo município.
De acordo com a Secretária de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), com a assinatura do protocolo de intenção o Estado dará início à elaboração de um estudo aeroportuário focado na futura realização da obra no local.
"Estamos trabalhando para conseguirmos melhorar as condições deste aeroporto, que é um importante indutor de desenvolvimento. Vamos nos esforçar para mais adiante pavimentar e sinalizar a pista, além de adequar o terminal, nesta região que fica próxima às fronteiras de Mato Grosso com os estados do Pará e Tocantins", afirmou Marcelo Duarte, secretário da Sinfra.
Duarte confirmou, ainda, durante passagem por Vila Rica a destinação de 30 litros de óleo diesel para auxiliar o município nos serviços de recuperação de rodovias.
O secretário da Sinfra destacou ainda que de janeiro de 2015 até o momento mais de R$ 500 milhões foram repassados para os 141 municípios provenientes do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab).
O prefeito de Vila Rica revelou que com o recurso recebido do Fethab foi feita a aquisição de dois caminhões para uso nas rodovias estaduais que cortam os municípios.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Depois do sucesso do voo para Cuiabá, Azul anuncia voo de Barra para Goiânia

Depois do sucesso do voo para Cuiabá, Azul anuncia voo de Barra para Goiânia


O Diretor institucional da Azul Linhas Aéreas confirmou o horário da linha que ligará Barra do Garças a Goiânia. O primeiro vôo no novo trecho será bo dia 05 de junho e sairá do Aeroporto Piloto Pub de Barra do Garças às 12h10 chegando no Aeroporto Santa Genoveva em Goiânia às 13h30.
O retorno da capital goiana será as 14h30 pousando em Barra do Garças as 15h45. Com isso haverá mudanças também no trecho Barra/Cuiabá a partir de 05 de junho. A decolagem da capital matogrossense será as 10h30 chegando em Barra do Garças as 11h45 e a saída de Barra para Cuiabá será as 16h10.
O Prefeito Roberto Farias comemorou o anúncio da nova rota, "Nossa preocupação inicial era que a empresa se instalasse e o aeroporto voltasse a ter vôos regulares, a partir da linha Barra/Cuiabá passamos a buscar junto a empresa Azul a ligação com Goiânia pois nossa região é muito ligada a capital goiana, agora com essas duas linhas ganha a economia facilitabdo a vinda de investidores e fortalecendo o turismo, nossa vertente natural", destacou.
Roberto Farias fez questão de agradecer a direção da Azul e o Secretário estadual Max Russi, "não poderia de agradecer a direção da Azul através do Ronaldo Veras que está acreditando em Barra e no Araguaia e o Deputado licenciado Max Russi que não mediu esforços para a concretização do novo trecho", concluiu.
Veja os horários da aeronave que fará a rota Cuiabá/Barra/Goiânia a partir de 05 de Junho:

AZU4206 - SEG, QUA e SEX CGB 09h30 - 11h45 BPG 12h10 - 13h35 GYN – AT72 (70 pax)
AZU4207 - SEG, QUA e SEX – BPG 14h30 - 15h45 BPG 16h10 - 16h30 CGB – AT72 (70 pax)

FONTE: ARAGUAIA NOTÍCIA

quinta-feira, 20 de abril de 2017

ASTA linhas aéreas, vai ligar Confresa a Lucas do Rio Verde e Sinop

ASTA linhas aéreas, vai ligar Confresa a Lucas do Rio Verde e Sinop

O prefeito de Confresa Dr, Ronio Condão, recebeu na manhã desta quinta-feira,13 de abril de 2017, em seu Gabinete Diretor da empresa Asta linhas aéreas, Magnus Alberto Bloch, na reunião foi discutido o reestabelecimento do voo, ligando Confresa, Lucas do rio Verde, Sinop, atualmente a empresa opera em Confresa com voos diários, Confresa/Cuiabá.
Também foi discutido, a redução do valor das passagens, hoje quem necessita viajar para Cuiabá, saindo de Confresa tem que desembolsar aproximadamenteR$ 2.000,00, o alto valor da passagem tem afastado a clientela, esta forma de deslocamento é utilizada apenas em situações de extrema necessidade.
O diretor da empresa Asta, apresentou para o prefeito Ronio, e o aos empresários que participaram da reunião, um modelo de parceria entre o poder público, empresários e a empresa Asta, o modelo já foi implantado em cidades do Norte r Noroeste de Mato Grosso.
Através deste modelo as passagens para as cidades de Sinop e Lucas do Rio Verde, podem ser adquiridas no valor de 700.00, e Confresa/Cuiabá 1000.00, mas para a implementação deste modelo é necessária uma parceria entre empresas, empresários, pecuaristas e poder público. Estiveram participando da reunião, o ex-prefeito Gaspar Domingos Lazari, Vereador Cristiano Do Esporte, Presidente